Por dentro da exposição do Castelo Rá-Tim-Bum

Nunca fiz um post em primeira pessoa aqui no blog, mas o assunto de hoje é tão “pessoal” que não resisti à subjetividade.

Quando eu soube pela primeira vez que o MIS (Museu da Imagem e do Som) faria uma exposição em homenagem aos 20 anos do Castelo Rá-Tim-Bum, minha criança interior praticamente gritou aqui dentro. Quando era novinha, costumava assistir ao programa infantil todas as tardes, ao lado da minha avó. Eu tinha boneco do Nino, fitas VHS (que velha eu!), trilha sonora e tudo mais; portanto, fã de carteirinha.

Apesar de já estar há três meses em cartaz, a mostras é uma das mais concorridas da cidade, com direito a filas quilométricas ao redor do MIS e ingressos rapidamente esgotados no site de vendas online. Mas confie, todo e qualquer esforço vale a pena!

A exposição começa ainda pelo lado de fora, onde há uma representação do castelo em uma maquete incrível. Logo à frente somos recepcionados pelo famoso porteiro do castelo, que fala de verdade com os visitantes.

IMG_1094

Ao entrar pela tradicional porta, somos inseridos no mundo mágico do Castelo Rá-Tim-Bum, com documentos originais, rascunhos do projeto, curiosidades, a figura do Relógio e uma projeção do Nino, interpretado pelo ator Cássio Scapin, especialmente para a exposição.

201408162216220zDR3dDGUu

 

IMG_1101

Em seguida, os ambientes e personagens do castelo vão se revelando um a um, como a biblioteca do Gato Pintado; os encamentos onde viviam o Mau e o Godofredo; o laboratório do Tíbio e Perônio; a oficina do Dr. Victor; a sala de música; a cozinha com o Bongô; a mata onde vivia a Caipora; a sala de estar com as crianças e a árvore da Celeste; o quarto do Nino; o quarto da Tia Morgana; o lustre onde moravam as fadas Lana e Lara e finalmente o exterior do castelo com o Dr. Abobrinha.

IMG_1103

IMG_1107

IMG_1109

IMG_1110

IMG_1118

IMG_1119

IMG_1133

IMG_1142

IMG_1154

IMG_1158

IMG_1163

IMG_1176

IMG_1182

IMG_1185

IMG_1192

IMG_1197

IMG_1206

IMG_1230

IMG_1234

IMG_1249

IMG_1259

O trabalho realizado no MIS é tão intenso que eu realmente me senti entrando no cenário original das gravações. É tão emocionando rodar na porta giratória que dá acesso ao quarto do Nino, abrir a caixinha de música, deitar no divã das fadinhas, subir as escadas que dão acesso ao quarto da Morgana…

Depois de ver um pouquinho da minha experiência dentro do Castelo Rá-Tim-Bum, aposto que você também ficou um vontade de ir… Não importa qual a sua idade, a mostra é feita para todas elas!

Até a próxima 😉

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s